?

Log in

No account? Create an account
UmbigoNiilista [entries|archive|friends|userinfo]
UmbigoNiilista

[ userinfo | livejournal userinfo ]
[ archive | journal archive ]

(no subject) [May. 16th, 2005|11:02 pm]
UmbigoNiilista





para o maqui:

   'Faz meia-volta. Com passos decididos, encaminha-se uma vez mais na direcção da mulher estendida ao sol. Desta vez o seu olhar, lambendo voluptuosamente a paisagem, deter-se-á sobre os seios com especial atenção, mas apressar-se-á a considerá-los como parte de um arrebatamento de benevolência e gratidão pelo todo, pelo sol e pelo céu, pelos pinheiros inclinados, pela duna e a areia e os escolhos e as núvens e as algas, pelo cosmos que gira em torno daqueles cumes aureolados.

   Tanto deveria bastar para tranquilizar definitivamente a banhista solitária e para desembaraçar o ambiente de ilações deslocadas. Mas assim que ele volta a aproximar-se, ei-la que se levanta de repente, cobrindo-se e bufando aborrecida, afastando-se e encolhendo enfastiadamente os ombros, como se estivesse a fugir às molestas insistências de um sátiro.

   O peso-morto de uma tradição de maus-costumes não permite que se apreciem com a devida justiça as intenções mais iluminadas, conclui amargamente o senhor Palomar.'

Italo Calvino, 'Palomar'
tradução João Reis; Editorial Teorema
link15 comments|post comment

(no subject) [May. 14th, 2005|12:22 pm]
UmbigoNiilista





'But William Henry Jackson and [Carleton] Watkins were all over this country with much bigger cameras. Wet plate cameras. And I believe it was Jackson's series of pictures on the top of Mt. Hoffman, with wet plates, that is, having to take the darkroom, cook the plates on the spot, expose and process them immediately. For the wet plate process you have to complete the development of the image before the emulsion dries. And when the dry plate came in it was a great godsend. I guess we all did the best as we could. If we had very heavy cameras we simply didn't go so far or take so many pictures. Knowing what I know now, any photographer worth his salt could make some beautiful things with pinhole cameras.'

Ansel Adams
link4 comments|post comment

(no subject) [May. 13th, 2005|12:17 am]
UmbigoNiilista





   «Antes que eu pudesse abrir a boca fui interpelado pelo Oriente mas com voz ocidental. Naquele silêncio enigmático e funesto escorreu uma torrente zangada de palavras estrangeiras de mistura com outras em bom inglês, frases inteiras que embora menos estranhas eram bastante mais surpreendentes. Muito violenta, a voz praguejou e explodiu, crivou com uma rajada de palavrões a paz solene da baía. Primeiro chamou-me porco e depois subiu em crescendo até adjectivos em inglês que não vou repetir... O homem berrava em duas línguas, lá no alto, cheio de uma fúria sincera. Quase chegava a convencer-me da existência de um pecado que eu tivesse feito contra a harmonia universal. Era-me difícil vê-lo, mas começava a pensar que o sujeito ia ter uma apoplexia.
   «Quando parou, roncava e soprava como uma foca. Perguntei:
   - «Pode dizer-me, por favor, que barco é este?
   - «Ahn! Mas o quê!... Quem são vocês?'

Joseph Conrad, 'Mocidade'
tradução Aníbal Fernandes; Assírio & Alvim
link10 comments|post comment

(no subject) [Apr. 23rd, 2005|11:55 am]
UmbigoNiilista





'A gente olhava o fantasma e não o via. À distância de trinta anos sinto para com ele uma enorme dívida ocular.'


Fernando Assis Pacheco, 'Memórias de um craque'
Assírio & Alvim
link5 comments|post comment

navigation
[ viewing | most recent entries ]
[ go | earlier ]